logo fotos no instagram voltam mais destaque

Conteúdos com fotos no Instagram voltam a ter destaque

As notícias da morte das fotos no Instagram eram manifestamente exageradas. Ou pelo menos, foi essa a indicação do CEO do Instagram, Adam Mosseri. Com efeito, numa sessão de perguntas e respostas nos seus stories, afirmou a intenção de voltar a valorizar fotos nesta plataforma.

 

2022, ano do vídeo no Instagram

Algumas pessoas poderão estar-se a perguntar: “mas afinal, o Instagram já não era um sítio onde podíamos colocar as nossas fotos?”. Claro que sim! Era permitido (e até incentivado) colocar fotos no Instagram. Porém, o “problema” estava no alcance que elas angariavam comparativamente com outro formato. Designadamente, o vídeo, que era priorizado pelo algoritmo do Instagram.

Ou seja, quando fazíamos scroll no nosso feed, era frequente encontrarmos aqueles vídeos de cães, gatos, acrobacias ou de cortes de podcast que víamos em loop. Contudo, havia conteúdos que ficavam para segundo plano. Que simplesmente não apareciam caso não andássemos suficientemente para baixo no feed. Ora esses conteúdos, por vezes perdidos numa espécie de buraco negro do Instagram, eram fotos (mesmo que de cães ou gatos fofinhos).

As queixas foram crescendo. Não tanto da parte de quem fazia scroll, mas dos criadores de conteúdos que viam o seu engajamento baixar drasticamente. Estas queixas não caíram em saco roto. Com efeito, na sua sessão de perguntas e respostas nos stories do seu Instagram, Adam Mosseri endereçou-as. E sossegou quem reivindicava mais espaço para fotos no Instagram Afinal, admitiu que o foco da plataforma tinha estado demasiado inclinado para o vídeo em 2022 e que isso era algo a mudar para 2023.

 

2023, ano das fotos no Instagram?

Contudo, as declarações do CEO do Instagram não significam que o foco esteja, agora, totalmente nas fotos. Com efeito, Adam Mosseri afirmou que é normal que o engajamento gerado pelos vídeos seja superior ao das fotos. Ou seja, quem pudesse estar a festejar um eventual triunfo das fotos sobre o Instagram pode guardar os foguetes. Contudo, há razões para estar satisfeito. Afinal, as fotos merecerão um destaque similar ao dos vídeos ou, pelo menos, irão aparecer mais do que aquilo que se verificava em 2022.

A maior parte destas queixas vieram de fotógrafos, que começavam a perder esperança na plataforma como espaço de divulgação. E tinham, de facto, a sua razão. Afinal, e como vimos num dos nossos artigos de blogue, o Instagram aproximou-se, de forma desenfreada, do TikTok e começou a priorizar os vídeos desenfreadamente. Aliás, a dada altura, chegou mesmo a compilar todos os vídeos existentes na plataforma como Reels, o que demonstrou uma aposta clara neste formato.

As coisas, porém parecem estar a mudar. E nada como ler, na íntegra, tudo aquilo que Mosseri referiu durante a sessão de perguntas e respostas.

 

O que disse o CEO do Instagram?

Fomos ouvir de novo e deixamos aqui a transcrição:

Temos definitivamente vários fotógrafos chateados e devo ser claro: embora estejamos inclinados para o vídeo, continuamos a valorizar as fotografias no Instagram. As fotografias serão sempre uma parte da Instagram.

Creio que em 2022 estivemos excessivamente focados no vídeo, pressionámos demasiado o ranking e basicamente mostrámos demasiados vídeos e poucas fotos. Desde então, temos estado a equilibrar, pelo que coisas como a frequência com que alguém gosta de fotos versus vídeos e a frequência com que alguém comenta fotos versus vídeos são aproximadamente a mesma coisa, o que é um sinal positivo de que as coisas estão equilibradas. Ainda asism, dado que houve mais conteúdo de vídeo nos últimos tempos, é normal que isto conduza a um maior engajamento [neste tipo de conteúdo].

Porém, as fotografias vão ser sempre uma parte importante do que fazemos. E vão existir sempre pessoas que amam e estão interessadas em encontrar fotografias no Instagram ou noutros locais. Quero ter a certeza de que estamos muito claros quanto a isso.

Resumindo, o vídeo vai continuar a ter o seu destaque. Porém, vamos poder publicar fotos no Instagram sem tanta penalização do algoritmo. Parece-nos bem! E até pode indiciar a ‘destiktokização’ do Instagram.

Artigos Relacionados

Comente

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

cookies
logo-upwego

As cookies ajudam a criar grandes experiências, a gerar emoções e a conseguir resultados! Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.