Marketing Interno: Ações TOP para Maximizar a Comunicação Empresarial

Marketing Interno: Ações TOP para Maximizar a Comunicação Empresarial

Marketing Interno é um dos mais poderosos eixos da estratégia de comunicação e passa pela promoção dos valores da marca juntos dos colaboradores, por norma é um trabalho do Departamento de Recursos Humanos. O seu objetivo é aumentar a ligação à empresa, construindo lealdade e, sobretudo, confiança nos seus valores e produtos.

Esta estratégia é diferente de Endomarketing, uma vez que este conceito usa as ferramentas de marketing para vender a imagem da empresa aos colaboradores, tratando-os como público-alvo. A intenção é persuadi-los e engajá-los, tornando-os embaixadores da marca.

São duas estratégias igualmente válidas e que podem ser usadas em simultâneo. O tópico de hoje foca-se em ações específicas de marketing interno. O endomarketing fica para o próximo post…

 

Porque é que é importante ativar a comunicação interna?

São vários os motivos, nomeadamente:

– maximizar a sensação de pertença;

– fortalecer a cultura da empresa;

– aumentar a produtividade;

– reduzir efeitos de eventuais crises;

– diminuir a rotatividade;

– melhorar todos os indicadores dos Recursos Humanos.

Tudo isto transparece para o exterior, uma vez que os colaboradores são o seu primeiro canal de comunicação.

 

Formas para Gerar Interação Interna

Jogos

O conceito de gamification nunca esteve tão em voga. O mindset do jogo e tão válido no meio empresarial que este conceito foi transferido para as empresas. A competitividade saudável é uma forma aumentar a relação entre equipas e veicular conteúdos formativos.

Assim, é igualmente uma forma de avaliar o sucesso da formação, os papéis de cada um e as performances individuais e em equipa, tudo isto enquanto se divertem a jogar.

 

Visão do Jogo

Visão Corporativa

Pode criar o seu próprio jogo ou usar plataformas como o Kahoot que lhe permite criar jogos, extremamente interativos para engajar equipas digitalmente.

Estes tipo de jogos não são teambuildings, uma vez que estes últimos tendem a ser ativados apenas uma vez, com objetivos específicos. Gamification é um processo de longo prazo, com várias batalhas para a conquista de uma guerra.

 

  1. Grupos Privados

Seja de WhatsApp ou Facebook,  os grupos privados são uma forma de trocar de ideias, pedir opiniões, incentivar, partilhar novidades – pode até vir a ser Viral ! Funcionam tão bem porque são ferramentas que, garantidamente, os funcionários já usam a título pessoal.

Perceba que tipo de comunicação resulta e entenda que este deve ser um canal informal, isto significa que não deve “massacrar” com objetivos de negócio. Além disso, não exija, nem cobre respostas.

O Grupo Maintarget criou um grupo privado de Facebook e até tem uma mascote! (Clica na imagem)

 

  1. Newsletters

Como são um canal tendencialmente mais formal faz todo o sentido que envie conteúdos específicos só para colaboradores. Tópicos como melhorar skills pessoais e competências técnicas; notícias da área de negócio e que se adequem à sua cultura corporativa, fazem todo o sentido.

Ainda assim, é importante a forma como transmite o Conteúdo. Qual dos artigos preferia ler:  “formação para ser melhor comercial” ou “lista de filmes da Netflix para vender mais”? A resposta é simples.

Já lhe explicamos como e onde criar newsletters aqui.

Use, mas não abuse! Não se esqueça de as analisar para perceber o que querem ler.

Na Revista Maintarget pode ler-se que uma das estratégias de comunicação deste Grupo são as newsletters internas. (Clica na imagem)

 

  1. Happy-Hour

E se todos os meses os colaboradores tivessem direito a 1 hora para socializarem? Não, não estamos a falar de “ir para os copos”, mas sim de estimular, de forma planeada, o contacto.

Em médias e grandes empresas é comum pessoas de diferentes setores não terem contacto entre si, ainda que os seus departamentos dependam um do outro. Tal pode causar constrangimentos. Ao contactarem, os indivíduos criam laços e a sua cooperação melhora.

 

Mais importante

Não se esqueça de analisar os dados e de, efetivamente, ouvir o que o colaborador diz.

Há dezenas de meios para melhorar a comunicação interna, mas o mais importante é perceber que para comunicar são necessários dois lados. Se assim não fosse, chamar-se-ia “transmissão interna”. Mensagem captada?

 

Artigos Relacionados

Comente

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

cookies-title
logo-upwego

As cookies ajudam a criar grandes experiências, a gerar emoções e a conseguir resultados! Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.