Como manter negócios locais a funcionar durante e após a pandemia?

Como manter negócios locais a funcionar durante e após a pandemia?

Soa a um título “à português” – parece que lhe vamos dar dicas para controlar as medidas impostas para contenção da pandemia. Pois, não é nada disso. Ao invés, apresentamos-lhe ferramentas para manter a sua empresa em movimento mesmo se tiver sido obrigado a encerrar.

Esta publicação responde a várias questões que estão na mente (e coração) dos responsáveis de micro empresas e negócios locais, tais como:

– como adaptar uma empresa local ao mercado digital?

– como combater os efeitos da pandemia no seu negócio através do marketing?

– como não parar, estando parado?

 

5 Formas de Manter o Seu Negócio a Funcionar Sem Gastar Um Cêntimo:

  1. Atualize o seu Website
  2. Melhore as suas Redes Sociais
  3. Integre o Google Analytics
  4. Converse com os clientes
  5. Maximize as Reviews

 

1. Atualize o seu Website

Comece por informar de forma clara qual o ponto de situação do seu negócio no que respeita ao Covid-19: tem novos horários? que medidas adotaram? é necessária marcação? fazem reuniões digitais?

Use o cabeçalho para garantir que todos vêm a nova informação.

Agora que tem tempo, reveja todos os textos, analise as Pageviews, atualize descrições e fotografias. Imagine que é o seu cliente e percorra o website: analise de forma criteriosa e implemente mudanças. Torne teu website Responsivo.

 

2. Melhore as suas Redes Sociais

Já sabemos que antes a desculpa era “não há tempo”. Agora que o há, não há desculpas para não se dedicar às redes sociais.

Escolha as redes certas para os seus produtos, crie um plano, melhore as descrições, publique fotografias, incentive feedback, responda a todos os comentários e mensagens e partilhe as suas páginas em grupos e fóruns. Melhore a relação B2C (Business to Consumer) .

O que vai publicar se o negócio está fechado? Publicar é só uma pequena parte de gerir as redes sociais, ainda assim espreite o nosso blog post sobre este tema.

Ao otimizar os seus conteúdos nas redes sociais está a aumentar a probabilidade de ser reconhecido com relevante, aumentando a visibilidade.

 

3. Integre o Google Analytics

Não há nada mais importante do que saber o que os utilizadores fazem no seu website e, por isso, a ferramenta gratuita Google Analytics é um aliado importante. Vai descobrir métricas que nem sabia que era possível seguir.

Não precisa de ser um especialista em tecnologia para o fazer, pode seguir aqui passo a passo como integrar o Google Analytics.

 

4. Converse com os clientes

Fale com os clientes, seja honesto, mas positivo, e amigável, mas profissional, seja por email, redes sociais ou através de blog.

Ao iniciar o diálogo, vai mostrar aos clientes que continua presente e, assim, continuará na sua mente. Repare que dissemos “diálogo” e “conversa”, ou seja, é bilateral! Oiça o que os consumidores têm para lhe dizer, responda e use essa informação para melhorar.

Se deixar a sua comunicação em pausa, o mais provável é que os clientes assumam que deixou de existir e a concorrência fique com o seu lugar.

 

5. Maximize as Reviews

Se há dever de recolhimento obrigatório, quer dizer que há tempo livre e necessidade de o ocupar. Assim, as pessoas aceitam com recetividade pedidos para escrever feedback e fazer recomendações, no Google, redes sociais ou website.

Caso ainda não tem página para testemunhos no seu website este é o momento certo para a criar, uma vez que produtos de páginas que têm 5 reviews apresentam 270% mais hipóteses de serem comprados em comparação com páginas com 0 críticas.

Para além de se manter presente na vida dos seus consumidores, amplia a rede de potenciais clientes e aumenta a confiança no seu negócio, uma vez que são pessoas verdadeiras a falarem sobre ele.

 

Porque é que deve adotar estas 5 dicas? Já lhe explicamos que a internet é a janela de milhões de consumidores que por força da pandemia estão em casa e têm mais disponibilidade para interagir com as marcas online.

A pandemia pode tê-lo afetado de forma negativa, mas lembre-se:

Ficar parado não é a resposta.

 

Artigos Relacionados

Comente

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

cookies-title
logo-upwego

As cookies ajudam a criar grandes experiências, a gerar emoções e a conseguir resultados! Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.